Severino Araújo

Severino Araújo

Texto: Mahavidya
Recife, março de 2024.


Severino Araújo de Oliveira, pernambucano natural de Limoeiro, nascido em 23 de abril de 1917, compositor, arranjador, musicista e excepcional maestro que por mais de meio século geriu a sensacional Orquestra Tabajara.

Incentivado por seu pai, que era maestro da Banda da Polícia, deu início à sua carreira musical aos seis anos de idade e, com apenas oito anos, o menino já dominava majestosamente todas as técnicas de solfejo.
O 'Mestre Cazuzinha' assim como era chamado, aos 12 anos fez seu primeiro arranjo e aos dezesseis já compunha sucessos para o carnaval.

ORQUESTRA TABAJARA

Em 1934, a Jazz Tabajara como assim era chamada primordialmente na cidade de João Pessoa no Estado da Paraíba, foi fundada pelo então empresário e cônsul holandês Oliver Von Sohsten.
No ano de 1937, com a inauguração da Rádio Tabajara, a orquestra foi contratada para fazer parte de seu elenco e Severino Araújo, foi convidado para integrar a 1ª classe de saxofones.

Em 1938 com apenas 21 anos de idade assume majestosamente a cobiçada regência da orquestra; Com o passar do tempo, o grande 'Mestre Cazuzinha' dotado de uma energia inseparável, inevitavelmente se funde com toda a orquestra, adquirindo um só corpo, tornando-se um. Este magnífico e admirável feito que se perpetuou no tempo, dando a orquestra um novo título, Severino Araújo e Sua Orquestra Tabajara.

Morreu no Rio de Janeiro, em 3 de agosto de 2012 aos 95 anos de idade.


COMPOSIÇÕES

Dentre as mais de 50 composições de choro, eis as mais conhecidas:

• 1937-Espinha de Bacalhau
• 1937-Gafanhoto Manco
• 1937-Um Chorinho Modulante
• 1943-Mumbaba
• 1947-Um Chorinho Delicioso
• 1947-Um Chorinho pra Você
• 1948-Simplesmente
• 1950-Mirando-te
• 1952-Além do Horizonte
• 1953-Pensando em Você
• 1955-Um Chorinho em Montevidéu
• 1956-Nivaldo no Choro

Frevos:

• 1949-Zé Pereira
• 1951-A Tabajara no Frevo
• 1952-Relembrando o Norte
• 1959-A Tabajara em João Pessoa
• 1961-A Tabajara em Recife
• 1961-400 Anos de Glórias

HOMENAGENS EMÉRITAS

Entre os anos de 1983 e 1985

• Cidadão Carioca
• Cidadão Paraibano



Fonte:
Acervo Fonográfico do Museu do Frevo Levino Ferreira

Pesquisa:

Mahavidya
Veja mais
Arlequim